71 capítulos
Medium 9788527723930

53 - Nem só de ciência se faz a cura

PORTO, Celmo Celeno Grupo Gen PDF

53

Nem só de ciên­cia se faz a cura

P

rotásio Lemos da Luz, cardiologista com vasta experiência clínica, à frente de atividades docentes e científicas no Instituto do

Coração (INCOR) da Universidade de São Paulo, publicou o livro

Nem Só de Ciência se Faz a Cura,1 cuja 2a edição tem como subtítulo

O que os pacientes me ensinaram, que é, aliá­s, muito adequado para o relato de suas experiências de consultório.

Afinal de que tratamos: doenças ou pessoas? é o primeiro capítulo, cujo tema central é a relação médico-paciente, “extremamente complexa, porque depende de muitas va­riá­veis”, destaca o autor.

Entre as va­riá­veis chama a atenção para duas: compreensão e confiança, às quais acrescenta comunicação, disponibilidade, tolerância, compaixão e honestidade. O melhor dos mundos, proclama o

Dr. Protásio,“seria a combinação de três fatores: ser naturalmente

Luz, PL. Nem Só de Ciência se Faz a Cura | O que os pacientes me ensinaram. Editora

Ver todos os capítulos
Medium 9788527723930

46 - Efeito placebo e efeito nocebo. O que é isso na prática médica?

PORTO, Celmo Celeno Grupo Gen PDF

46

Efeito placebo e efeito nocebo: o que é isso na prática médica?

P

otencialmente, haverá efeito placebo toda vez que houver interação de um médico com o paciente (placebo vem do verbo placeo, que significa agradar). Este efeito está embutido em qualquer tipo de tratamento. Daí a necessidade de se reconhecer a existência do “efeito placebo” ou da “ação droga do médico”, na expressão de

Balint,1 como componente de suas ações, não só para compreender o que está acontecendo com o paciente, como também para tirar dele o máximo proveito na prática cotidiana.

Não se trata aqui do efeito placebo analisado em pesquisas clínicas, em que há outras implicações, quando o que se deseja é diferenciar a ação farmacológica de um fármaco de seu efeito não farmacológico. Para isso, existem técnicas estatísticas, a mais rigorosa

é o ensaio duplo-cego e randomizado. Mas, na prática médica não

é possível separar o efeito placebo de qualquer tipo de tratamento, incluindo intervenções e cirurgias.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527730594

6 - Noções Gerais de Gestão em Segurança e Saúde no Trabalho

CHIRMICI, Anderson; OLIVEIRA, Eduardo Augusto Rocha de Grupo Gen PDF

6

Noções Gerais de Gestão em Segurança e

Saúde no Trabalho

Chirmici 06.indd 137

29/08/16 09:48

138  Introdução à Segurança e Saúde no Trabalho

Responsabilidade jurídica civil e criminal de empresários, prepostos e gestores

A extensa legislação trabalhista, em conjunto com as normas do código civil e penal, forma densa camada de proteção ao trabalhador, com consequente responsabilização daqueles que, por obrigação contratual ou legal, devem preservar a saúde e a integridade física de seus trabalhadores. cc

Responsabilidade civil

Segundo regra constante do Art. no 189 do Código Civil, a responsabilidade civil surge quando o gestor viola o direito do trabalhador, nascendo para seu titular a possibilidade de requerer indenização. Dessa maneira, o trabalhador que for lesado em sua saúde ou integridade física por motivo relacionado à atividade laborativa terá o direito de ser indenizado proporcionalmente ao dano sofrido.

A apreciação e a mensuração dos parâmetros para essa indenização são de incumbência do Poder Judiciário, na figura dos juízes do trabalho.

Ver todos os capítulos
Medium 9788527723930

54 - Cartas a um jovem cirurgião: perseverança, disciplina e alegria

PORTO, Celmo Celeno Grupo Gen PDF

54

Cartas a um jovem cirurgião: perseverança, disciplina e alegria

O

livro Cartas a um Jovem Cirurgião,1 do Dr. Ivo Pitanguy, é de leitura agradável e rico em ensinamentos.

Todos conhecemos o Dr. Ivo Pitanguy, cirurgião plástico laureado internacionalmente pelas inúmeras técnicas cirúrgicas descritas na obra Plastic

Surgery of the Head and Body, premiada na feira do livro de Frankfurt, o que nada mais é do que uma verdadeira consagração mundial.

Os dez capítulos do livro merecem ser lidos com toda a atenção, mas destaco dois: Relação Médico-Paciente, tema por mim abordado em várias cartas, e A Procura da Beleza, no qual analisa a in­fluên­cia da mídia no estabelecimento de tipos de beleza, atualmente representados por jovens magérrimas (anoréxicas!), sempre associadas à venda de juventude, sucesso, status, alegria, vida livre e bem-estar.

“Pode-se interpretar a mensagem da mídia”, comenta Pitanguy, “como uma busca, sempre infrutífera, da “pílula da juventude”, sempre presente no imaginário de homens e mulheres, em todas as épocas.”

Ver todos os capítulos
Medium 9788527723930

23 - “Não aguento viver com o coração amarrado”

PORTO, Celmo Celeno Grupo Gen PDF

23

“Não aguento viver com o coração amarrado”

N

esta carta vou relatar um episódio de minha prática

médica que ilustra meu ponto de vista de que a medicina moderna, por mais dados científicos de que se dispõe, não pode ser reduzida a uma profissão técnica. É necessário valorizar seu lado humano, no qual ressaltam aspectos psicológicos, culturais, religiosos, socioeconômicos, ou seja, tudo aquilo que constitui o contexto em que vivemos.

Antes, para compreender melhor este episódio, convém lembrar que o significado simbólico do coração não é uma criação de pintores, poetas ou escritores, mas sim um arqué­tipo, espécie de herança cultural que habita nosso inconsciente e influi na nossa maneira de ver muitos fatos e acontecimentos, principalmente os que põem em risco nossa vida.

O significado simbólico do coração nasceu em épocas remotas e está presente em diferentes culturas, em inúmeros mitos, em expressões linguí­sticas, em manifestações religiosas, e em tantas outras.

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos