1396 capítulos
Medium 9788536307039

2. A Maior Vence

Stocco Smole, Kátia Cristina Grupo A PDF

E

ste jogo auxilia os alunos a justificar as respostas e o processo de resolução de um problema, a comparar quantidades, a ler e interpretar escritas numéricas. As crianças poderão utilizar diferentes critérios para comparação dos números, como, por exemplo, pela posição que um número ocupa na sequência numérica, pela identificação de qual dos números tem mais unidades, dezenas ou centenas, ou mesmo pela análise do primeiro algarismo de cada número apresentado nos cartões. Será na busca pela fundamentação desses critérios que elas compreenderão como comparar números e entenderão novos aspectos do sistema de numeração decimal.

Organização da classe: em duplas.

Recursos necessários: um jogo de 40 cartas numeradas de 11 a 50.

Meta: obter o maior número de cartas no final do jogo.

ORIENTE SEUS ALUNOS QUANTO ÀS REGRAS

1. Todas as cartas são distribuídas aos jogadores.

2. Sem olhar, cada jogador forma uma pilha na sua frente com as suas cartas viradas para baixo.

3. A um sinal combinado, os dois jogadores simultaneamente viram as primeiras cartas de suas respectivas pilhas. O jogador que virar a carta maior leva as duas.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577809264

7 Valor Absoluto em equações e inequações

Safier, Fred Grupo A PDF

50

PRÉ-CÁLCULO

VALOR ABSOLUTO EM EQUAÇÕES

Como ԽaԽ é a distância de a à origem,

1. A equação ԽaԽ ϭ b é equivalente às duas equações a ϭ b e a ϭ Ϫb, para b Ͼ 0. (A distância de a à origem igualará b precisamente quando a igualar b ou Ϫb.)

2. A equação ԽaԽ ϭ ԽbԽ é equivalente às equações a ϭ b e a ϭ Ϫb.

Exemplo 7.4

Resolva: Խx ϩ 3Խ ϭ 5

Transforme em equações equivalentes que não apresentem o símbolo do valor absoluto e resolva-as: ou

Exemplo 7.5

Resolva: Խx Ϫ 4Խ ϭ Խ3x ϩ 1Խ

Transforme em equações equivalentes que não contenham o símbolo do valor absoluto e resolva-as: ou

VALOR ABSOLUTO EM DESIGUALDADES

Para b Ͼ 0,

1. A desigualdade ԽaԽ Ͻ b é equivalente à dupla desigualdade Ϫb Ͻ a Ͻ b. (Uma vez que a distância de a à origem é menor que b, a está mais próximo da origem que b; ver Fig. 7-2.)

Figura 7-2

2. A desigualdade ԽaԽ Ͼ b é equivalente às desigualdades a Ͼ b e a Ͻ Ϫb. (Já que a distância de a à origem é maior que b, a está mais afastado da origem que b; ver Fig. 7-3.)

Figura 7-3

Exemplo 7.6

Resolva: Խx Ϫ 5Խ Ͼ 3

Ver todos os capítulos
Medium 9788577804023

6. Análise Multivariada de Variância

Hair, Jr. Joseph F. Grupo A PDF

CAPÍTULO

6

Análise Multivariada de Variância

Objetivos de aprendizagem

Ao concluir este capítulo, você deverá ser capaz de:

Explicar a diferença entre a hipótese nula univariada de ANOVA e a hipótese nula multivariada de MANOVA.

Discutir as vantagens de uma abordagem multivariada para teste de significância comparada com as das abordagens univariadas mais tradicionais.

Formular as suposições para o uso de MANOVA.

Discutir os diferentes tipos de estatísticas de teste que estão disponíveis para teste de significância em MANOVA.

Descrever o propósito de testes post hoc em ANOVA e MANOVA.

Interpretar resultados de interação quando mais de uma variável independente é empregada em MANOVA.

Descrever o propósito da análise multivariada de covariância (MANCOVA).

Apresentação do capítulo

A análise multivariada de variância (MANOVA) é uma extensão da análise de variância (ANOVA) para acomodar mais de uma variável dependente. É uma técnica de dependência que mede as diferenças para duas ou mais variáveis dependentes métricas, com base em um conjunto de variáveis categóricas

Ver todos os capítulos
Medium 9788521627258

CAPÍTULO 8 Planejamento de Experimentos

BALDI, Brigitte; MOORE, David S. Grupo Gen PDF

Photonica/Getty Images

CAPÍTULO 8

Planejamento de

Experimentos

NESTE CAPÍTULO

ABORDAMOS...

A maneira pela qual produzimos dados pode ajudar a responder a questões científicas interessantes? No capítulo anterior, examinamos várias maneiras de seleção de amostras de uma população de interesse e suas aplicações para estudos observacionais.

Mas e se perguntássemos “Uma nova droga para redução do colesterol é mais eficiente que a de tratamento-padrão?” Para respondermos a essa pergunta, daríamos a nova droga a um grupo de pacientes com colesterol alto e mediríamos o decréscimo no nível do colesterol depois de um mês de tratamento. No entanto, isso não seria suficiente para responder completamente

à pergunta. Precisaríamos também dar a droga padrão a outro grupo de pacientes com colesterol alto e comparar os resultados com os dos pacientes da nova droga. Neste capítulo, estudaremos especificamente como planejar experimentos.

• Planejamento de experimentos

Ver todos os capítulos
Medium 9788521622451

10 - Derivadas parciais

GUIDORIZZI, Hamilton Luiz Grupo Gen PDF

10

DERIVADAS PARCIAIS

10.1. DERIVADAS PARCIAIS

Seja z ϭ f (x, y) uma função real de duas variáveis reais e seja (x0, y0) ʦ Df. Fixado y0, podemos considerar a função g de uma variável dada por g (x) ϭ f (x, y0).

A derivada desta função no ponto x ϭ x0 (caso exista) denomina-se derivada parcial de f, em relação a x, no ponto (x0, y0) e indica-se com uma das notações:

Ѩf

( x 0 , y0 ) ou

Ѩx

Assim,

Ѩz

Ѩx

x ϭ x0 y ϭ y0

Ѩf

(x , y ) ϭ gЈ (x0). De acordo com a definição de derivada temos:

Ѩx 0 0

Ѩf

(x , y ) ϭ gЈ (x0) ϭ

Ѩx 0 0

g ( x ) Ϫ g ( x0 ) x Ϫ x0 x → x0 lim

ou seja,

Ѩf

(x , y ) ϭ

Ѩx 0 0

lim

x → x0

f ( x, y0 ) Ϫ f ( x 0 , y0 ) x Ϫ x0

ou, ainda,

Ѩf

(x , y ) ϭ

Ѩx 0 0

CAP010-GUII-V2

173

lim

⌬x → 0

f ( x 0 ϩ ⌬x, y0 ) Ϫ f ( x0 , y0 )

⌬x

18.03.13, 15:47

174

Um Curso de Cálculo — Vol. 2

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos