932 capítulos
Medium 9788577801480

10. Trabalhando com Pincéis

Adobe Creative Team Grupo A - Bookman PDF

10 Trabalhando com Pincéis

Nesta lição, você aprenderá a:

• Utilizar os quatro tipos de pincel: Art, Calligraphic, Pattern e Scatter

• Alterar a cor do pincel e ajustar as suas configurações

• Criar novos pincéis partindo de arte-final no Adobe Illustrator

• Aplicar pincéis a paths criados com ferramentas de desenho

• Utilizar o efeito Scribble na arte-final e no texto

Introdução

Os pincéis do Adobe Illustrator CS3 permitem aplicar a arte-final aos paths para decorá-los com padrões, figuras, texturas ou traços angulares.

Você pode modificar os pincéis fornecidos no Adobe Illustrator CS3 e criar seus próprios pincéis. Pincéis aparecem no painel Brushes.

Você aplica pincéis a paths utilizando a ferramenta Paintbrush ou as ferramentas de desenho. Para aplicar pincéis utilizando a ferramenta Paintbrush, você escolhe um pincel no painel Brushes e desenha na arte-final.

O pincel é aplicado diretamente aos paths enquanto você desenha. Para aplicar pincéis utilizando uma ferramenta de desenho, você desenha na arte-final, seleciona um path e então escolhe um pincel no painel Brushes.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521617488

CAPÍTULO 5 - CIRCUITOS BÁSICOS

HETEM Jr., Annibal Grupo Gen PDF

Capítulo

5

Circuitos básicos

5.1 Introdução

De posse das portas lógicas e das técnicas de síntese de circuitos digitais, pode ser dado o próximo passo: a análise de pequenos circuitos que, apesar de sua inocente simplicidade, são a base para a construção dos grandes sistemas digitais. Esses circuitos básicos estão presentes em todos os sistemas que utilizam a Eletrônica Digital como base de funcionamento: desde um pequeno relógio até os grandes computadores de telefonia e controle de tráfego.

Neste capítulo, subimos mais um nível na hierarquia dos circuitos digitais, atingindo o que pode até ser classificado como uma linguagem de construção desses dispositivos.

5.2 Circuito somador

Os circuitos somadores são muito simples, uma vez que trabalham na aritmética binária e usam poucas portas lógicas. É natural que o primeiro exemplo deste capítulo seja o circuito somador, que, além de uma passagem didática, oferece a oportunidade de utilizar as técnicas vistas nos capítulos anteriores, e em seguida usar os resultados intermediários para a construção de circuitos mais complexos. Serão apresentados primeiro os circuitos meio somador e depois os somadores completos. Estes, por fim, serão usados em paralelo para construir circuitos de somar com o número de bits que for necessário.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521608714

Capítulo 2 - Ambientes informacionais digitais

CARMARGO, Liriane Soares de Araujo de; VIDOTTI, Silvana Aparecida Borseti Gregório Grupo Gen PDF

42

Capítulo 2

Ambientes informacionais digitais

2.1 Conceitos e definição de ambientes informacionais digitais

2.2 Alguns tipos de ambientes informacionais digitais

2.3 Abordagem centrada no usuário

2.4 Características e recursos de ambientes informacionais digitais

2.5 Exercícios propostos

Camargo_002.indd 42

3/7/2011 19:18:32

43

Os ambientes informacionais digitais são, geralmente, como os ambientes informacionais tradicionais, porém possuem algumas características específicas do meio digital.

2.1 CONCEITOS E DEFINIÇÃO DE AMBIENTES

INFORMACIONAIS DIGITAIS

Os ambientes informacionais digitais também são conhecidos como sistemas, sistemas de informação, sites, websites, portais, espaços de informação, ambientes de informação, ambiente digital, software, aplicações etc.

Considerando o ambiente informacional como um sistema de informação, podemos definir de acordo com Batista (2004, p. 13):

᭿ Sistema – “o conjunto de elementos interdependentes, ou um todo organizado, ou partes que interagem formando um todo unitário e complexo”.

Ver todos os capítulos
Medium 9788577806324

17. Controle Estatístico de Qualidade

Render, Barry Grupo A - Bookman PDF

726

Análise Quantitativa para Administração

17.1

O controle estatístico do processo utiliza estatística e probabilidade para auxílio no controle do processo e para a produção de bens e produtos consistentes.

Existe mais de uma empresa tentando produzir e vender quase todo produto ou serviço. O preço é o fator determinante se uma venda é feita ou perdida, mas outro aspecto é a qualidade.

De fato, a qualidade é, frequentemente, a questão principal e a má qualidade pode ser muito cara tanto para a empresa fabricante quanto para o consumidor.

Por esse motivo, empresas empregam táticas de gerenciamento da qualidade. O gerenciamento da qualidade, mais frequentemente chamado de Controle da Qualidade (CQ), é crucial em toda a organização. Um dos principais papéis de um administrador é assegurar que sua empresa tenha um produto de qualidade no lugar certo, no tempo certo e por um preço justo.

A qualidade não é uma preocupação apenas dos produtos manufaturados, mas também é importante para serviços, de bancos a hospitais e educação.

Ver todos os capítulos
Medium 9788521632337

23. Polos e Zeros

JANERT, Philipp K. Grupo Gen PDF

CAPÍTULO 23

Polos e Zeros

Uma vantagem importante da “tecnologia da função de transferência” é que não precisamos avaliar a função de transferência inteira para obter informações sobre a dinâmica de um sistema. Em vez disso, basta simplesmente saber os locais dos polos e zeros da função de transferência — ou seja, os locais onde a função de transferência diverge ou desaparece (respectivamente) para que se tenha uma compreensão substancial do comportamento dinâmico.

Estrutura de uma Função de Transferência

Por construção, as funções de transferência para sistemas com feedback tendem a ser funções racionais apropriadas — ou seja, frações de um polinômio em s sobre outro polinômio em s:

Este fato é uma consequência da forma como as funções de transferência surgem como soluções das equações lineares com coe�cientes constantes via transformadas de Laplace. (Se a dinâmica inclui atrasos de tempo, então fatores adicionais na forma esT ocorrem na função de transferência — veja mais detalhes sobre esse assunto mais adiante neste capítulo.)

Ver todos os capítulos

Visualizar todos os capítulos